Nesta etapa temos como objetivo central incentivar projetos que reflitam sobre a circulação na cidade como um todo. Ampliamos, deste modo, a pesquisa e o raio de ação para o macroterritório. Por conseguinte, o enfoque desta etapa está voltado para temas que privilegiem o conceito de convivência nos espaços públicos da cidade. A fundamentação desta etapa temática está relacionada, portanto, ao tema transversal MEIO AMBIENTE.

Nesta etapa temos como objetivo central promover projetos que favoreçam reflexões sobre a circulação nos espaços públicos do bairro, ou do entorno da unidade escolar. Assim, saímos do microterritório da escola e ampliamos o raio de pesquisa e ação. Essa fase está voltada, portanto, para temas que privilegiam o conceito convivência no território da comunidade, sua história e particularidades – enquanto espaço de construção social de uma coletividade. Sendo assim, a fundamentação desta etapa temática está relacionada ao tema transversal PLURALIDADE CULTURAL.

Nesta etapa temos como objetivo central incentivar projetos que reflitam sobre a circulação na cidade como um todo. Ampliamos, deste modo, a pesquisa e o raio de ação para o macroterritório. Por conseguinte, o enfoque desta etapa está voltado para temas que privilegiem o conceito de convivência nos espaços públicos da cidade. A fundamentação desta etapa temática está relacionada, portanto, ao tema transversal MEIO AMBIENTE.

Nesta etapa temos como objetivo central promover o desenvolvimento de projetos que reflitam sobre a circulação nos espaços da escola ou unidade de ensino, partindo assim do microterritório comum aos alunos e professores. O enfoque dessa etapa está voltado para temas que privilegiam o conceito de convivência nos espaços públicos e de uso comum. A fundamentação dessa etapa temática está, portanto, relacionada a princípios éticos e tem como tema transversal orientador ÉTICA.